Páginas

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Lazarus - Configurando

O Lazarus vem com uma configuração padrão. Mas podemos alterar algumas opções para deixá-lo da maneira que preferirmos. Para fazer essas configurações selecione o menu Ambiente -> Opções. Na árvore de opções à esquerda selecione Cores sob o grupo Editor. Na caixa Esquema de Cores você pode selecionar o esquema desejado. Se estiver familiarizado com o Delphi, pode selecionar essa opção.
Quem utiliza o Delphi sabe que ele remove métodos vazios. Por exemplo, se você colocar um TButton, implementar um evento OnClick e depois remover a implementação, quando você salvar a unit ou compilar o projeto, o método será removido automaticamente. Por padrão o Lazarus não remove os métodos vazios. Para configurar essa opção selecione Características automáticas sob o grupo Editor e desmarque a caixa de verificação Auto remover métodos vazios.
 Durante o desenvolvimento, quando você executa seu programa com F9 por exemplo, e depois o encerra, é mostrada uma mensagem.


Podemos desativar essa janela podemos desmarcar a caixa de verificação Mostrar a mensagem na parada. Esta caixa é encontrada na opção Geral sob o grupo Depurador.

O Editor de Código pode ganhar uma barra de ferramentas muito útil. Para isso devemos instalar o pacote Editor Toolbar, componente que vem junto com o Lazarus. Para instalar esse pacote, selecione a opção Abrir arquivo de pacote (.lpk) no menu Pacotes. Localize o diretório lazarus\componentes\editortoolbar e abra o pacote editortoolbar.

Clique no botão Compilar e depois em Instalar. Sempre que um pacote for instalado o Lazarus é recompilado e reiniciado. Quando precisar instalar um pacote de componentes esse deve ser o procedimento.
Na complementação de código, por padrão, o Lazarus gera código sem espaços antes e depois do operador de atribuição. Em nome da legibilidade e organização do código é preferível que tenha um espaço antes e outro depois do operador. É possível configurar o IDE para fazer isso automaticamente para nós. Selecione a opção Espaço sob o grupo Ferramentas de código. Marque as três caixas de verificação conforme a figura.


Explore as possibilidades do IDE. Deixe o Lazarus do seu jeito.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Lazarus - o Ambiente

É importante conhecer os elementos do Ambiente Integrado de Desenvolvimento antes de realmente começar a criar nossas primeiras aplicações em Lazarus. Para conhecer detalhes do IDE leia aqui. Essa página é parte de um wiki em português e como tal, está em permanente atualização. Estamos contribuindo nesse site. A parte referente à Paleta de Componentes ainda não existia e por isso, estamos ajudando a fazê-la. Se vocês observarem, as imagens estão atualizdas para a versão mais recente do Lazarus.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Lazarus - Primeiros Passos

No post anterior falamos que Lazarus roda em várias plataformas. No entanto, optamos por utilizar o sistema operacional Windows. Sempre que possível indicaremos links para maiores informações sobre procedimentos em outros sistemas operacionais.

Obtendo e Instalando

Instalar o Lazarus utilizando os pacotes binários disponíveis em http://sourceforge.net/projects/lazarus/files/ é muito simples. Ai você pode encontrar versões para Win32 e Win64. Baixe sempre o último release e carregue o executável. A partir daí se segue uma instalação típica Windows. Serão instalados o compilador Free Pascal (FPC) e as bibliotecas necessárias. Se você tiver uma versão anterior instalada, tome a precaução de desinstalar antes. Você pode obter também os fontes com a versão mais recente no SVN. Para maiores informações acesse http://wiki.lazarus.freepascal.org/Getting_Lazarus/pt. Neste caso será necessário compilar para gerar o executável. No momento em que escrevia esse post o mais recente release disponível era 0.9.28.2. Por enquanto tudo o que precisaremos para iniciar nosso estudo está instalado. À medida que forem necessários outros componentes daremos detalhes de sua instalação.

Alô Mundo

Depois de instalado podemos executar o programa. Você deverá ficar com uma interface semelhante à figura abaixo.



Onde precisamos identificar alguns elementos básicos:
1 - Barra de Ferramentas - botões de atalho para opções mais comuns do menu.
2 - Paleta de Componentes - onde estão localizados os componentes nativos e de terceiros que são usados para criar visualmente ou não a aplicação
3 - Inspetor de Objetos - janela onde podem ser visualizadas/alteradas as propriedades e eventos do componentes.
4 - Form - onde são inseridos os componentes para construir a interface da aplicação.
5 - Editor de Código - local onde vamos inserir o código Free Pascal da aplicação.
Neste ponto podemos alterar o idioma da interface, se você preferir. Para isso selecione no menu a opção Environment -> Options. No formulário de Opções selecione Environment -> Desktop. Na caixa Language selecione Portuguese [pb] e pressione Ok. Feche o Lazarus e o inicie novamente.
Para iniciar um breve tour pelo ambiente vamos criar nossa primeira aplicação. Vamos criar uma versão do famoso "Alô Mundo", o primeiro programa que criamos quando estamos estudando uma nova linguagem. Para criar uma nova aplicação selecione no menu a opção Arquivo -> Novo. Em seguida marque Aplicação em Projeto e pressione Ok. Com isso teremos uma nova aplicação e um form pronto para receber novos objetos.
Por padrão o Lazarus gera um executável bastante grande (cerca de 12 Mbytes, no mínimo). Para resolver isso selecione no menu a opção Projeto -> Opções do Compilador. Clique na aba Vinculando e desmarque a opçãoMostrar número de linhas nos erros de Tempo de Execução ao rastreá-los (-gl). Pressione Ok. Isto deve ser feito sempre que uma nova aplicação é iniciada.
Posicionado no Inspetor de Objetos, localize a propriedade Caption e digite Alô Mundo e em Name digite frmAloMundo. Clique em Salvar Tudo. Crie um novo diretório, à unit dê o nome u_alomundo e ao projeto dê o nome AloMundo. Claro que esses nomes são todos sugestões.
Agora selecione um objeto TButton na paleta de componentes Standard. Posicione-o aproximadamente no centro do form, ou onde você preferir. Mude a propriedade Name do botão para btnAloMundo e a propriedade Caption para Alô Mundo. Agora dê um duplo clique no botão btnAloMundo. O editor de código será aberto no procedimento a ser executado quando o usuário pressionar nosso botão. Digite:

ShowMessage('Alô Mundo');

Pressione F9 para compilar e executar o programa. Depois de executar pressione o botão para visualizar a mensagem na tela.


Pronto ai está nosso primeiro programa feito em Lazarus. Simples assim.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Lazarus - Origens

Estou iniciando com este post uma série sobre Lazarus, um IDE código aberto alternativo ao Delphi.

Um pouco de história

Não existe muito registro sobre isso, mas Megido foi um projeto iniciado em 1998 para ser um clone de código aberto do Delphi. Esse projeto iniciou a partir do código fonte do Sybil, que era um clone do Delphi para OS/2. Em 1999 o Megido morreu. As pessoas envolvidas perderam o interesse em criar algo baseado no Sybil.
Três pessoas, inicialmente envolvidas e em seguida frustradas com o Megido, Cliff Baeseman, Shane Miller and Michael A. Hess, iniciaram então o Lazarus em fevereiro de 1999. Sendo que desses três, apenas Michal A. Hess continua no projeto.
Além de Michael, os membros mais antigos do time são Marc Weustink e Mattias Gaertner. Ambos são os maiores contribuidores para o núcleo do que é o Lazarus hoje.
Felipe Monteiro de Carvalho, brasileiro, aluno de engenharia da USP, iniciou no projeto em 2005. Entre outras coisas ele atualmente escreve um livro sobre Lazarus.

O que é Lazarus?

Lazarus é um IDE de código aberto para Free Pascal que emula o Delphi. Free Pascal é um compilador projetado para ter sintaxe similar ao Object Pascal e roda em Linux, FreeBSD, Mac OS X, Win32, Win64, WinCE, OS/2 e outros. Lazarus então permite desenvolver programas da mesma forma que Delphi, em várias plataformas, atualmente em Linux, Mac OS X, Win32, Win64 e WinCE. Desde que você escreve seu código em uma plataforma, pode compilar em qualquer outra onde exista Lazarus disponível.
Lazarus ainda não está completo. Muita coisa precisa ser feita. É um projeto grandioso e precisa de ajuda da comunidade.

E a licença de uso?

Free Pascal é licenciado sob GPL. O que significa que é código aberto, livre. Se você modificar o código deve disponibilizar essas alterações para a comunidade.
FCL e LCL, bibliotecas de componentes do Lazarus, estão licenciadas sob LGPL. Assim, você pode escrever seu próprio código proprietário que usa essas bibliotecas, vender sua aplicação sem a necessidade de tornar disponível seu código. No entanto se você modificar a FCL ou a LCL, você tem obrigação de publicar suas modificações para a comunidade.

De onde veio o nome?

Lazarus é uma figura bíblica que foi ressuscitado por Cristo após a morte. O projeto é chamado Lazarus pois ele foi iniciado ou ressuscitado da morte do Megido.

Leia mais aqui.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Histórias em quadrinhos na Web

É fantástico o que se pode fazer na web. Recentemente descobri um sítio onde podemos criar nossas próprias tirinhas em quadrinhos e inserir em um blog ou site, enviar por e-mail para os amigos, enfim, a finalidade que podemos dar a essa ferramenta depende exclusivamente da nossa imaginação. Vejam abaixo, visitem e experimentem.
 
Creative Commons License
This work by Carlos Alberto P. Araújo is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Brasil License.